iinspiradas

domingo, 11 de dezembro de 2016

Como Tirar Sua Vida Ideal do Papel? Parte 2

às
Boa tarde pessoal, tudo certo?

Como havia prometido na sexta, hoje tem continuação do post: Como Tirar Sua Vida Ideal do Papel? Parte 2
Toda minha escrita será baseada e retirada do livro magnífico: O PODER DA AÇÃO do PhD Paulo Vieira.
Obs: Para que você possa entender melhor está leitura é melhor você partir do principio e ler primeiro a parte 1: Leia aqui

NÃO BASTA ACORDAR, TEM QUE LEVANTAR!!!
Partindo de onde paramos, quero trazer você a refletir junto comigo. As vezes nos pegamos observando a grama do vizinho e nos perguntando: Porque a grama do fulano é mais verde?
Ta aí a resposta é mais simples do que imaginamos: o Fulano é alguém que decidiu pagar o preço das mudanças, que decidiu acreditar que podia ser, fazer e ter mais na vida, e é assim que você deveria pensar, já ouviu aquele ditado “vê as pingas que fulano toma, mas não vê os tombos que ele leva?” é basicamente isso, risos eternos por citar isso. Mas ok!
Aqui te convido a acordar e assumir sua real identidade. Tente trazer à tona uma nova atitude, desvencilhada dos resultados que você obteve no passado, assim como da auto-imagem que os gerou. O que mais importa agora é que você pode acordar o gigante adormecido dentro de você.
Acorde! Acorde para viver o melhor da sua vida hoje, acorde para ser feliz agora, acorde para realizar suas metas mais importantes e as menos importantes também – afinal, elas são suas.
Pegue o leme do seu barco da vida levante e grite o mais alto que puder: “Velas ao mar, soltar as amarras!”.
Uma coisa que eu observei muito que é um lema na vida do Paulo Vieira e se tornou um da minha também é: QUALQUER COISA DIFERENTE DE ABUNDANCIA É DISFUNÇÃO!
Como ele mesmo cita no livro, há uma passagem bíblica que faz muito bem e que produz nele e também em mim agora uma gigantesca crença de possibilidades. Nela Jesus Cristo diz: “... mas eu vim para que tenham vida e vida em abundância” (Jo 10:10). Assim como o autor eu acredito cegamente na veracidade literal dessa passagem. Creio que você e eu estamos aqui para ter e viver o melhor deste mundo aqui e AGORA.
Mas ai não confunda vida abundante com vida perfeita, pois nem tudo são flores, assim como também foi dito pelo mestre mais sábio deste mundo Jesus: “Neste mundo tereis aflições” (Jo 16:33), e de fato teremos muitos revezes, quedas e problemas ao longo de nossa vida, e isso é algo que não escolhe classe social, raça ou gênero, as dificuldades existem para todos os seres humanos. Contudo, continuo acreditando no seu potencial, e que até as piores aflições podem e devem produzir algum efeito sobre você: Aprendizado e mais abundancia ainda na sua existência.
Deixo como reflexão para hoje uma historia tirada do livro para você compreender melhor a tal abundancia.

“ Certa vez um senhor em seu barquinho pescando. O primeiro peixe que pega com seu anzol é um grande tucunaré. Ele olha para o peixe, analisa bem e o devolve ao rio. Logo em seguida ele pega um grande tambaqui, com mais de dez quilos. Novamente ele olha bem o peixe, mede o tamanho dele e o devolve para o rio. O terceiro peixe que ele captura é uma pequena tilápia. Ele olha para ela com uma cara de satisfação, analisa e poe no cesto dentro do barco. E novamente volta a pescar e repete tudo novamente, devolve os grandes peixes ao mar e guarda os menores. Vendo aquilo e não entendendo nada, outro pescador se aproxima e pergunta ao senhor :”Ô, amigo, não estou entendendo nada. Quando o colega pega um peixe grande devolve para o rio e quando pega um pequeno põe no cesto para levar para casa. Não era para ser o contrario?”. Ao que o pescador responde: “Sabe o que é? Lá em casa a frigideira é bem pequenininha e não cabem nela esses peixões”.

Muitas pessoas estão adormecidas para o seu potencial e vivem aquém de suas possibilidades, são como o senhor que devolve os peixes grandes ao rio. Que tal aumentar o tamanho da sua frigideira e querer mais de si e da vida? Que tal ir ao mercado agora e comprar uma frigideira bem maior e pescar os mais saborosos peixes do rio?
Tenha ciência do que realmente é abundancia. Ter pouco dinheiro é abundancia? Não ter dinheiro para ajudar o próximo é abundancia? Certamente não. Essas situações são algo chamado de disfunção.
Abundancia não é ter corpo nem bonito, nem feio, mas sim ter um corpo saudável e forte independente da tua idade, um corpo que lhe traga prazer e lhe ajude a chegar aos seus objetivos, um corpo que celebra este que é o maior presente que você recebeu.
Pessoas com uma frigideira financeira pequena acreditam que pagar as contas, mesmo que não sobre nenhum dinheiro para si, já é uma vitória. Vitória, na verdade, é pagar as contas e ainda ter dinheiro para ajudar o próximo.
Será que estamos falando alguma utopia? Será que é impossível? Será que é inatingível? Será que podes ter uma vida em abundancia e conseguir passar pelas suas aflições? Deixo essa duvida, e te digo que tudo isso só depende de você!!!
  Por hoje encerro assim, e domingo trago mais conteúdo para que possamos refletir juntos sobre o rumo que estamos tomando das nossas vidas, e mais exercícios para nos colocar em reflexão dos caminhos que estamos tomando e como mudá-los. Te espero domingo aqui. Beijos e deixe seus comentários sobre o que achou, e me digam se estão gostando para que eu possa continuar (INS)PIRANDO vocês! Beijos beijos ;*

Me sigam no Instagram:
@fermsgasparini (pessoal)
@iinspiradas (blog)

Em caso de duvidas nos escrevam: iinspiradas@gmail.com

4 comentários:

  1. Como sempre, inspirador! Parabéns amiguxa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!! Fico mega feliz sabendo que você gostou ❤️️

      Excluir
  2. Texto bom é aquele que põe a gente pra pensar! Parabéns, Fefa! 😘

    ResponderExcluir
  3. Ser feliz com o pouco que temos mas jamais parar de sonhar alto...

    ResponderExcluir