iinspiradas

sábado, 24 de dezembro de 2016

O ano do macaco de fogo

às
Hoje é natal, queridos! Data especial de união! Desejamos muito amor a todas as famílias envolvidas neste projeto (Ins)pirado. 



Gostaria de falar muito sobre a importância desta data, mas como é mérito de todas nós que construímos este blog, não será privilégio só meu! Então vamos fazer uma brincadeira: todas nós vamos finalizar o ano com um questionário sobre nosso ano de 2016, começando hoje comigo. 

Pode me dizer o quanto não acredita no horóscopo chinês, mas esse ano minha vida foi exatamente igual ao macaco: muitos planos e muitas mudanças no meio do caminho. Diria que foi uma roda-gigante.

Como você define 2016?

Este foi o ano de apostar em mim, depositei todas as fichas e “all in”. Deu tudo certo? Certamente não, porém todos os resultados me surpreenderam no final. Como sempre em minha vida houve muita intensidade e drama, por isso a importância deste ano, comecei a aprender a ser mais a protagonista da minha vida e não me deixar influenciar tanto pelas tempestades externas.

E o que o macaco mudou em mim? Este ano veio cheio de paixões diferentes: descobri novos amores e redescobri amores antigos... Muito amor por 2016, seu lindo! 

Você definiu metas para 2016 um ano atrás? Como você define e organiza suas metas? Uma meta (das várias) para 2017? (Juntei as perguntas porque possuem a mesma resposta para mim).

Quem me conhece sabe que eu vivo sempre o momento atual. Sou inconstante, assim como as circunstâncias da minha vida. A única meta que tenho é demonstrar sempre meu amor por aquilo que amo e buscar minha felicidade nas simplicidades das coisas. Isso não vai mudar jamais porque essa é minha essência. 

No balanço final, o ano foi positivo? Qual foi percentual de metas atingidas ou a caminho?

Por mais que na hora da mudança, não seja algo agradável e que me faça reagir feliz, me deparei com muitas circunstâncias e pontos de vistas jamais vistos. Só posso dizer que foi positivo, abri bastante minha cabeça para novos sonhos. Mas a vida é assim mesmo, não? Reconhecer que nossos planos não são o centro do universo e o melhor a vida nos apresentará na hora certa. Todo amadurecimento é lucro. 

Que imagem ou foto define 2016?

Poderia colocar mil fotos de dias maravilhosos que vivi, mas o lugar que mais me traz mais paz, o lugar que cresci e estou agora ao lado da minha família querida para passar este natal.

Alguma superstição para a virada do ano?

Eu sempre fui aquela que adora usar roupa nova no ano novo, mas estou cansada deste capitalismo embutido em minha mente. Liberdade! Não vou botar mais minha fé em roupas e sim em mim: vou passar de roupa velha mesmo! Me julguem! 

Um recado para as leitoras e os leitores do blog:

2017 será o ano do galo de fogo! Será um ano altamente motivador e realizador!!! Que delícia! Muita fé em nossos sonhos!!! Só segurem as galinhas, por favor! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário