iinspiradas

sábado, 12 de agosto de 2017

Sobre roupas especiais para momentos especiais

às

Você já parou para pensar sobre a tendência que temos de guardar peças de grande estima para usar somente em ocasiões especiais? Se você não tem esse costume, certamente conhece alguém que tenha, né? Guardamos aquela blusa linda que custou dois meses de salário para usar só no aniversário, ou aquele vestido que está lá no armário ainda com etiqueta, só esperando o boy convidar para sair. Deixamos nossas roupas especiais em banho-maria no guarda-roupas, esperando aquele momento perfeito chegar, mas a verdade, é que talvez esse momento nunca chegue, ou se chegar... pode ser tarde demais!

Imagem Pinterest


Você já passou por isso? Eu já...

Ainda adolescente precisei comprar uma roupa para ir a um evento.  Encontrei um vestidinho de alcinha branco com detalhes em preto, simplesinho, mas na época eu tinha achado incrível. Não era nada de mais, mas por algum motivo ele se tornou meu amor platônico, talvez pelo preço, não que tivesse custado fortunas, mas para meu salário da época foi significativo, ou talvez por ele ser a única peça no estilo “mocinha jeitosinha” que eu tinha no guarda-roupas. Eu tinha tanta adoração por aquele vestido que ficava com medo de estraga-lo, então era muito mais seguro mantê-lo trancafiado no armário... lugar onde permaneceu durante anos! Usei-o exatamente três vezes, sim somente três: Uma vez no evento para o qual foi comprado, outra para uma baladinha e a terceira e última para minha formatura de gabinete em Moda e Estilo. Um certo dia, fui arrumar meu guarda-roupas e me deparei com ele todo pleno no cabide, quis prova-lo para matar as saudades e sentir seu abraço novamente, mas qual minha surpresa? ELE TINHA ENCOLHIDO!!! Meu corpo havia mudado e não comportava mais tão lindamente meu novo velho amigo! Com lágrimas, precisei doa-lo. Até hoje, meu coração aperta ao pensar nos momentos que deixamos de viver juntos. E daí se seu imaculado branco manchasse? E daí se seu delicado tecido puísse? Pelo menos teríamos mais histórias para contar do que arrependimentos para carregar.

Euzinha e o objeto do meu amor platônico, vistos juntos pela última vez, dezembro de 2008.

Esses dias, viajando pela vastidão da internet, me deparei com um poema chamado “Guardar”, de Antônio Cícero. Quisera eu tê-lo lido a anos atrás...

Guardar uma coisa não é escondê-la ou trancá-la.
Em cofre não se guarda coisa alguma.
Em cofre perde-se a coisa à vista.

Guardar uma coisa é olhá-la, fitá-la, mirá-la por
admirá-la, isto é, iluminá-la ou ser por ela iluminado.

Guardar uma coisa é vigiá-la, isto é, fazer vigília por
ela, isto é, velar por ela, isto é, estar acordado por ela,
isto é, estar por ela ou ser por ela.

Por isso melhor se guarda o vôo de um pássaro
Do que um pássaro sem vôos.

[...]

A verdade é que a vida não espera para ser vivida! E enquanto você espera o momento certo chegar, seu corpo muda, a moda varia, a traça fura, o mofo mancha, o tempo passa! A gente precisa urgentemente aprender a guardar só as coisas certas: Lembranças! O resto, a gente tem mais é que usar, gastar e fazer valer o investimento.

Lembre-se: Todo instante é uma ocasião especial, pelo simples fato de estarmos vivos!

Imagem: Pinterest


Use suas roupas e objetos preferidos no dia a dia, use o máximo de vezes possível, para que aquilo que você ama tanto, tenha a oportunidade de te amar de volta! Transforme pequenas ocasiões do cotidiano em eventos especiais! Use a sua roupa especial para transformar um momento em especial!
Afinal, a vida é muito curta para esperar a hora certa chegar, né não? E isso não vale só para roupas... vale para vida!

Deixo vocês ao som de Epitáfio dos Titãs... Aperte o play e até a próxima ;)







2 comentários:

  1. Quem nunca guardou uma "roupa de "estimação" para momentos especiais e depois não conseguiu mais usar??? Acredito que isso se deve ao fato de darmos mais importância a uns dias do que a outros... Um erro. Todos os dias são especiais e devem ser vividos plenamente e com o nosso melhor! Amei o texto.

    ResponderExcluir